Rede de Diaconia

Notícias e Novidades

Mensagem do 1° Encontro da Rede de Diaconia Articulações RS e SC/PR

A Rede de Diaconia é composta por instituições diaconais presentes em todo o território brasileiro. O objetivo da Rede de Diaconia é dar maior visibilidade para o conjunto de iniciativas, projetos e instituições luteranas que atuam na defesa e promoção de direitos, assim como articular ações em conjunto que fortaleçam a sustentabilidade, a formação e a incidência. A Rede de Diaconia é coordenada em parceria pela Secretaria de Ação Comunitária da IECLB e Fundação Luterana de Diaconia com apoio da Federação Luterana Mundial. Atualmente, estão organizadas as articulações Rio Grande do Sul e Santa Catarina/Paraná. Ainda em 2015, será dado início aos encontros envolvendo as articulações Sudeste/Espírito Santo e Norte/Nordeste/Centro Oeste.  

Nos dias 17 e 18 de junho, em Florianópolis/SC, 24 instituições com vínculo confessional com a IECLB reuniram-se para o 1° Encontro da Rede de Diaconia Articulações do RS, SC/PR para partilharem sobre o que estão conversando e construindo pelo caminho. O encontro oportunizou a reflexão de temas de abrangência nacional e extremamente atuais no cenário de Direitos Humanos e que estão diretamente ligadas ao cotidiano das instituições.

A oficina sobre o tema da redução da maioridade penal – PEC 171, foi abordada tendo como base uma série de preocupações acerca do momento da juventude brasileira, que sofre um contínuo processo de exclusão social, de violência e de extermínio nas comunidades empobrecidas. Concluímos que é urgente aprofundar a reflexão sobre o tema com nossas comunidades e reafirmar, conforme a nota emitida pelo CONIC e outras entidades parceiras da IECLB, que somos contrárias à redução da maioridade penal. Como encaminhamento, propomos a Direção da Igreja que divulgue amplamente a nota emitida pelo CONIC junto às comunidades da IECLB e reafirme seu compromisso de contrariedade à redução da maioridade penal.

A oficina sobre justiça de gênero desvelou a realidade de opressão e de violência que mulheres e meninas são expostas diariamente na sociedade patriarcal expressas em muitas músicas, inclusive infantis. É necessária uma reflexão constante com nossas equipes e também com as comunidades da IECLB sobre o tema para promover transformação e justiça de gênero. Percebemos com destaque o protagonismo que várias instâncias da IECLB têm apresentado no sentido de garantir os direitos de grupos historicamente violados em seus direitos fundamentais. Como proposta o grupo entende a necessidade de continuidade destas reflexões e a garantia destes direitos nas comunidades, entidades diaconais, educacionais e de saúde, assim como nas instâncias administrativas da IECLB.

A terceira oficina abordou o relacionamento entre as instituições e as comunidades luteranas. Foi usada a imagem do elástico para visualizar como está a distância entre as instituições e as comunidades luteranas. Em alguns lugares percebe-se que o elástico está bem esticado, ou já sofreu ruptura, ou está flexível favorecendo o diálogo e trabalho conjunto. Percebemos a necessidade de continuidade na discussão com objetivo de diminuir a distância entre as instituições e as comunidades e entendemos que o aprimoramento desta relação passa pela reflexão sobre a identidade confessional e sua missão dentro da IECLB. Além disso, vemos com preocupação a falta de formação dos ministros e das ministras em questões específicas das instituições diaconais, o que contribui para o distanciamento e a dificuldade de nos reconhecerem como instituições da IECLB.

Outro momento muito importante deste encontro foi à formação específica sobre a Lei 13.019/14, que trata sobre alterações nos Termos de Colaboração e Fomento nas relações entre entes públicos e as organizações da sociedade civil. Verificamos grande desconhecimento sobre todos os impactos que esta mudança legislativa acarretará na vida das instituições e o quanto estamos despreparadas. Acordamos que formações como esta contribuem para a segurança jurídica das instituições e para a qualificação de suas direções, coordenações, conselhos e comunidades.

Frente à necessidade de formação, propõe-se que as instituições de ensino superior, ligadas confessionalmente a IECLB, possam contribuir com a formação específica, talvez na forma de cursos de extensão e de pós-graduação. Desta forma, estaremos constantemente debatendo e refletindo sobre temas que fazem parte do dia a dia das instituições, sobre nossa identidade diaconal e vínculo comunitário e contribuindo na capacitação de ministras e ministros, trabalhadoras e trabalhadores, voluntárias e voluntários e pessoas que, em geral, participam da vida ativa das instituições. Avaliou-se que o encontro contribuiu para que as instituições não se sintam sozinhas. Dessa forma, reafirmou-se que o espírito diaconal das instituições presentes oxigenou e fortaleceu o trabalho da Rede de Diaconia.

 

Florianópolis, 18 de junho de 2015.

 

Acompanhe a Rede por meio do site www.redediaconia.com.br

 

Instituições diaconais presentes no Encontro:

Escola de Educação Infantil da Paz – Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial, Novo Hamburgo/RS, Sínodo Rio dos Sinos.

Lar Padilha - Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial, Taquara/RS, Sínodo Nordeste Gaúcho.

Ação Encontro - Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial, Novo Hamburgo, Sínodo Rio dos Sinos.

Instituto de Educação Infantil e Assist. Social Lupicínio Rodrigues – Comunidade Evangélica de Porto Alegre, Porto Alegre/RS, Sínodo Rio dos Sinos.

Centro Diaconal Evangélico Luterano - Comunidade Evangélica de Porto Alegre, Porto Alegre/RS, Sínodo Rio dos Sinos.

Instituição de Educação Infantil e Assistência Social Bom Samaritano – Comunidade Evangélica de Porto Alegre, Porto Alegre/RS, Sínodo Rio dos Sinos.

Casa de Passagem São Lucas - Comunidade Evangélica de Porto Alegre, Porto Alegre/RS, Sínodo Rio dos Sinos.

Associação Beneficente Pella Bethânia, Taquari/RS, Sínodo Vale do Taquari.

Escola de Educação Infantil Colmeia – Comunidade Evangélica de Estrela, Estrela/RS, Sínodo Vale do Taquari.

Missão Criança Morro do Meio, Joinville/SC, Sínodo Norte Catarinense.

Missão Criança Jardim Paraiso, Joinville/SC, Sínodo Norte Catarinense.

Associação Caminhar Juntos, Piçarras/SC, Sínodo Norte Catarinense.

Associação Criança em Primeiro Lugar, Blumenau/SC, Sínodo Vale do Itajaí.

Projeto Jovens em Ação – Projeção, Guarapuava/PR, Sínodo Paranapanema.

Creche Bom Samaritano – Fundação Luterana de Assistência Social, Pinhais/PR, Sínodo Paranapanema.

Projeto Amigo que me Ama, Joinville/SC, Sínodo Norte Catarinense.

Grupo de Ação Diaconal, Florianópolis/SC, Sínodo Centro Sul Catarinense.

Conselho de Missão entre Povos Indígenas, São Leopoldo, Rio dos Sinos.

Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente – Amencar, São Leopoldo/RS.

Serviço de Paz – SERPAZ, São Leopoldo/RS.

Conselho Sinodal de Diaconia - Sínodo Norte Catarinense.

Conselho Sinodal de Diaconia - Sínodo Vale Itajaí.

Conselho Sinodal de Diaconia – Sínodo Paranapanema.

Fundação Luterana de Diaconia

Secretaria da Ação Comunitária da IECLB