Rede de Diaconia

Notícias e Novidades

Um Recado da Vila Betânia

11-06-15

E foi assim que, de repente, floresceu na Pousada Betânia, em Curitiba (PR), o dia nove de junho de 2015. Olhares simpáticos, apertos de mão, abraços e sorrisos coloriram a sala de refeições, enquanto nós, algumas das ministras e alguns ministros da IECLB, nos achegávamos à mesa para o café matinal. Que colorido bonito! Quanto perfume se exalando das falas de colegas do Mato Grosso do Sul, do Mato Grosso, do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, de Goiás, do Pará, do Distrito Federal e do Espírito Santo.

Sim, iríamos participar do Primeiro Curso de Preparação para Mentores e Mentoras do Período Prático com Ênfase em Avaliação de Desempenho com Foco em Competência. As manhãs, as tardes e as noites foram se sucedendo, sempre repletas de boas informações no sentido de melhor exercitarmos a nossa função de mentoras e mentores das futuras ministras e ministros da nossa Igreja Evangélica de Confissão Luterana.

Cada uma e cada um de nós, assessoradas e assessorados por Gudrun Pieper Schmidt (Administração e pós-graduação em gestão em psicologia organizacional); Leila Klin (Consultora em Psicologia Organizacional); Profª Ms. Ana Cláudia Bilhão Gomes (Consultora Oraganizacional e Professora na Graduação e Pós-Graduação da Unisinos (RS) e Catequista Dra. Haidi Drebes (Secretária da Habilitação ao Ministério na IECLB); acabamos nos sentindo como se fôssemos pilotos de avião. Esse, ligado à Secretaria Geral da IECLB, só voa se tudo o que concorre para um bom vôo estiver planejado, realizado, avaliado e re-acionado.

Do nosso lado está a co-pilota ou o co-piloto. Em primeiro lugar, vamos tentar embarcar as pessoas que se abrem para a Proposta Cristã nas nossas Comunidades. Em segundo, no lugar das pessoas que se mostram fechadas à mesma, vamos tentar incentivar mais pessoas a ocuparem as poltronas que lhe são devidas. Em terceiro lugar, com a ajuda da tripulação, dos Presbitérios das nossas Comunidades, vamos decidir a “rota” a ser seguida no meio das planícies e morros que compõem nosso Brasil. Por fim, enquanto 90% das poltronas não estiverem ocupadas, não poderemos ter outra prioridade, a não ser dar de nós no sentido de encontrá-las e, depois, usar, no mínimo, 30% do nosso tempo para capacitar, promover e avaliar estas referidas pessoas, a partir dos seus dons e dos seus talentos.

Nossa ideia de vôo? Ora, uma IECLB mais viva, mais justa, mais acolhedora, mais perfumada, mais comprometida com o testemunho da graça de Deus para todas as pessoas.

Luteranos

11/06/2015: Um Recado da Vila Betânia

http://www.luteranos.com.br/noticias/um-recado-da-vila-betania