Lamentamos a partida, mas celebramos o legado!

Lamentamos a partida, mas celebramos o legado!
29 de outubro de 2021

Digo-lhes a verdade: o que vocês fizeram a alguma das minhas menores irmãs, a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram.
Mateus 25.40

Na manhã do dia 19 de outubro fomos surpreendidas e surpreendidos com a notícia da partida da diaconisa Gerda Dolores Nied, a querida Irmã Gerda, como é conhecida e chamada carinhosamente por todas as pessoas que tiveram o privilégio de conhecê-la.

Pensar na despedida da Irmã Gerda passa, necessariamente, por uma reflexão sobre tudo que sua vida representou e continua representando para muitas pessoas! A vida dedicada à prática diaconal em sua essência, no arregaçar as mangas e colocar-se a serviço das pessoas assoladas pelas diversas vulnerabilidades. Perseverança e resiliência marcaram a sua trajetória na atuação concreta da diaconia em diferentes contextos. A sua voz, por diversas vezes, foi profética ao denunciar a causa dos sofrimentos. Possuía uma convicção evangélica ímpar, ao dedicar a sua vida à caminhada ao lado das pessoas empurradas para a margem.

Dedicar cuidado e atenção às pessoas em vulnerabilidade requer empatia. Essa foi a metodologia seguida por ela em todos os lugares onde foi chamada a exercer o ministério diaconal. A sua atuação também foi intensa na defesa de direitos, conseguindo incidir para a efetivação de políticas públicas. Foi responsável pelo trabalho de geração de renda com mulheres empobrecidas, hortas comunitárias, pré-escola para crianças e implantação de postos de saúde em lugares remotos. Três das instituições que hoje integram a Rede de Diaconia, têm no seu histórico a atuação da Ir. Gerda Nied: Escola para a Vida, em Ariquemes (RO), PróLudus O Caminho, em Gravatá (PE) e Associação Caminhar Juntos, em Balneário Piçarras (SC). Importante destacar também sua ação para a criação das primeiras escolas primárias no município de Balsas (MA). A atuação da Irmã Gerda deixou instituições diaconais que seguem mantendo o seu legado de trabalho junto a crianças e mulheres.

A boa nova do evangelho foi vivida e compartilhada. Assim, a sua partida é para nós motivo de grande tristeza. Mas, nos leva também a celebrar a sua vida e a homenageá-la, mantendo viva a sua memória e práticas libertadoras. Gerda Dolores Nied, mulher, luterana, diaconisa e inspiração para a práxis diaconal transformadora!

“Talvez a fé, a esperança e o amor não resolvam tudo e nem todos os nossos problemas. Mas a vida sempre terá valido a pena se tivermos tido a sabedoria de ter fé, esperança e a coragem de amar.”
(Vera Cristina Weissheimer)

Grupo gestor da Rede de Diaconia
22 de outubro de 2021

Conheça mais sobre a trajetória da diaconisa Gerda Dolores Nied através do livro: Apesar de tudo, abraçar a vida!