Primeira reunião presencial do Grupo Gestor após início da pandemia acontece na Casa Matriz de Diaconisas

Primeira reunião presencial do Grupo Gestor após início da pandemia acontece na Casa Matriz de Diaconisas
9 de maio de 2022

O mês de abril de 2022 marcou o reencontro das pessoas que integram o grupo gestor da Rede de Diaconia na sua primeira reunião presencial após dois anos de trabalho remoto. A Casa Matriz de Diaconisas (CMD), localizada em São Leopoldo (RS) e integrante da Rede, acolheu o grupo entre os dias 26 e 28.

Dirci Bubantz, assessora de projetos da FLD que atua diretamente com a Rede, conta que, ao longo do período de distanciamento físico, o grupo gestor passou por uma renovação parcial. “Essa mudança trouxe, de positivo, novas energias. Por outro lado, exigiu um exercício de quem caminha há mais tempo no grupo, buscando proporcionar condições para que todas as pessoas pudessem acompanhar e contribuir nas reflexões e nos encaminhamentos. Como nem todas as participações puderam ser presenciais, outro exercício necessário foi a realização de uma reunião híbrida, permitindo também participações virtuais.” 

Formas de valorizar os momentos de espiritualidade e de proporcionar espaços de autocuidado e de partilhas foram pensadas na organização da reunião, além da escolha de um ambiente adequado aos trabalhos de reflexão e de planejamento. A parceria com o Centro de Espiritualidade, Psicologia e Bem Viver (Beatitude) e com a Pastoral da Faculdades EST apresentou novas possibilidades de vivenciar a reflexão de textos bíblicos. Outro exemplo foi a atividade de relaxamento baseada na Técnica de Redução do Estresse (TRE), conduzida pela diác. Carla Jandrey, da coordenação de Diaconia e Inclusão da IECLB.

Já a roda de partilhas permitiu que todas as pessoas, especialmente as que passaram a integrar mais recentemente o grupo gestor, se sentissem mais próximas. “Ouvir e falar sobre os desafios e as alternativas encontradas desde a chegada da pandemia pelas instituições que estão por trás de cada integrante do grupo gestor foi o exercício feito. O tempo definido para essa atividade ficou curto e quase dobrou, mostrando mais uma vez a importância de espaços para trocas sempre que diferentes instituições da Rede se encontram”, comenta Dirci.

Tiveram destaque na reunião: 

  • Retrospectiva da caminhada da Rede de Diaconia, que completará 10 anos em agosto;
  • Revisão do Projeto Político Pedagógico para reapropriação de quem já o conhecia e apresentação às novas pessoas integrantes;
  • Monitoramento e elaboração do plano plurianual 2022-2223;
  • Reflexão sobre sustentabilidade e constituição do Fundo da Rede de Diaconia;
  • Preparação do tema para apresentação nos encontros das articulações Sul e Norte;
  • Planejamento do III Encontro Nacional da Rede de Diaconia, a ser realizado em novembro deste ano, em local ainda a ser definido em um dos estados da região Sul.

Os dias de encontro foram intensos e exigentes, onde cada integrante pôde reafirmar seu compromisso por meio de engajamentos e buscas por propostas que fortaleçam a caminhada conjunta e articulada das instituições diaconais da IECLB. 

Ao final, o grupo teve um tempo para conhecer a trajetória histórica e a atuação contemporânea da Casa Matriz de Diaconisas (CMD). Após a apresentação feita pelas Irmãs Arleti Mattner e Roseli Klauck Magedanz, respectivamente diretora e vice-diretora, o grupo realizou uma visita guiada pelas instalações da casa. 

“Foi bem visível nos semblantes de quem esteve presente a alegria pela proximidade, pelo olho no olho e pelo carinho de todas as pessoas da CMD, que proporcionaram aconchego e segurança. Difícil exprimir em palavras o calorzinho que aqueceu o coração”, afirmou Dirci.

Segundo ela, as palavras da Irmã Arlete, na despedida, transmitiram parte do que todas e todos sentiram: “Foi muito bom ter vocês aqui, deu nova vida para a casa. Oramos para que Deus continue abençoando o trabalho da Rede.”

Sağlık Sen

- mersin eskort - adana eskort - eskort mersin - eskort - escort - mersin escort bayan - çeşme eskort