Redes em Rede promove intercâmbio na área diaconal

Redes em Rede promove intercâmbio na área diaconal
28 de agosto de 2019 Thais Oliveira
In Notícias e Novidades

Redes em Rede promove intercâmbio na área diaconal

“Uma experiência incrível e trocas de saberes que vão ficar para a vida toda” foi como Evellyn Sousa Schneider, 19, e Matheus Lamberti Casagrande, 19, da Associação Diacônica Luterana (ADL), de Afonso Cláudio (ES), avaliaram o seu tempo no Lar Padilha, em Taquara (RS). Evellyn e Matheus ficaram de 11 de julho a 17 de agosto na entidade, em atividade de inserção voluntária da ADL.

“Foi possível praticar o que aprendemos, e aprender com as educadoras, educadores e as crianças”, disse Evellyn. “Escolhemos o Lar Padilha e o Rio Grande do Sul por serem realidades muito diferentes da nossa”, explicou Matheus. “Além disso, pela nossa formação na área social, fez sentido virmos para o lar”.

Durante a estada, as atividades envolveram as crianças e integrantes da equipe, em rodas de conversa, oficinas de artesanato e de relaxamento, jogos teatrais, caminhadas ecológicas e muitas brincadeiras.

A vinda da e do estudante foi uma das ações do projeto Redes em Rede, apoiado pelo Programa de Pequenos Projetos da FLD, que tem como objetivos promover o intercâmbio entre estudantes da ADL e a equipe do Lar Padilha, e incentivar a ida de adolescentes do lar para estudar na ADL.

O projeto Redes em Rede nasceu de diálogos entre representantes de entidades que integram a Rede de Diaconia, a partir da constatação de que cursos de formação não apresentam disciplinas com o viés diaconal. Por outro lado, no caso da ADL, existe a preocupação de que estudantes formados como educadoras e educadores sociais encontrem espaços de trabalho vinculados à área diaconal.

“Um momento como esse é um grande laboratório social, mas acima de tudo um momento de praticar diaconia”, disse o diretor do Lar Padilha, Fernandes Vieira dos Santos. “Esperamos que essa experiência possa ser replicada em outras instituições”, afirmou. A Rede de Diaconia comporta muito conhecimento, prática e teorias, é uma diversidade de entidades. “Queremos avançar no intercâmbio entre equipes e estudantes das nossas organizações irmãs. Quem mais ganha com isso são nossas crianças, adolescentes e famílias, que convivem nos diversos projetos e organizações diaconais”.

Para o diretor do Lar Padilha, a Rede de Diaconia foi fundamental para que os projetos e organizações pudessem se conhecer, compartilhar e somar experiências positivas no enfrentamento das dificuldades que este tipo de serviço apresenta. “Ela se constitui em um espaço coletivo de voz das organizações da sociedade civil, ligadas confessionalmente à IECLB, e demonstra a força da verdadeira Diaconia Profética”.